Dez anos de história: tá começando o Festival Artes Vertentes

Vai começar mais uma festa da cultura em Tiradentes. Hoje, 25 de novembro, o Festival Artes Vertentes dá a partida em sua edição que comemora dez anos de evento. A décima edição apresenta em sua programação música, literatura, cinema, artes visuais e artes cênicas.

A primeira parte do festival, realizada entre os dias 25 de novembro e 5 de dezembro, começa com um concerto de piano a quatro mãos, conduzidos pelos pianistas Cristian Budu, vencedor do renomado Concurso Internacional de Piano Clara Haskil (Suíça), e Gustavo Carvalho, também diretor artístico do Festival Artes Vertentes. As composições de Mozart, Schubert e Brahms, convidam o público a uma viagem pelas águas do Danúbio, propondo o início do diálogo com a água, tema desta edição. O concerto começa às 19h30 do primeiro dia de evento, na Igreja São João Evangelista.

A socióloga Bárbara Freitag e o diplomata Sérgio Paulo Rouanet são os homenageados do Festival Artes Vertentes em 2021. A homenagem acontece ao mesmo tempo que está sendo criado o Instituto Rouanet, com sede em Tiradentes, que se dedicará a proteger e expandir o legado do pensamento do casal Freitag-Rouanet, em defesa da cultura e da educação.

Ainda no dia 25 será inaugurada no Centro Cultural Yves Alves a exposição “Brasil, Hy-Brasil”, do jovem artista visual Eduardo Hargreaves. Por meio da pintura, de objetos e de animações, o artista mineiro reflete sobre as relações construídas entre o íntimo de um indivíduo e o lugar e paisagem que o norteiam.

Quer saber mais? Acesse www.artesvertentes.com e conheça mais os artistas e o evento. 


Publicada em 25/11/2021
Fonte: ASCOM

 Voltar