Aprovado plano de retorno gradual das atividades presenciais

Nesta segunda-feira, 22 de novembro, o Conselho Universitário (Consu) se reuniu para tratar de diversas pautas, entre elas o documento de "Linhas gerais do planejamento do retorno gradual das atividades presenciais", apresentado pelo relator professor Alberto Tibaji e aprovado pela maioria dos membros.

O professor destacou o cronograma de retorno presencial, conforme o plano: 3 de janeiro, retorno de gestores e as chefias de setores (cargos de direção e com funções gratificadas); 17 de janeiro, setores deverão funcionar com pelo menos 50% do pessoal da unidade no trabalho presencial; 31 de janeiro, com no mínimo 75%; 14 de fevereiro, retorno de 100%.

Ressaltou, também, que as linhas gerais se referem ao primeiro semestre de 2022. Nesse período, servidores que se enquadram nos casos previstos pela Instrução Normativa SGP/SEDGG/ME 90/2021 poderão permanecer no trabalho remoto.

Tibaji destacou os questionamentos do Sinds-UFSJ, o sindicato dos técnicos administrativos. O primeiro deles, as necessidades de mudança na infraestrutura física de setores que convivem com muitos servidores em um mesmo espaço e sem ventilação adequada, segundo o relator deve ser tratado pela gestão, o que foi confirmado pelo reitor, professor Marcelo Andrade, que conduziu a reunião. Já quanto à exigência de passaporte vacinal, Tibaji explicou que é uma demanda amparada juridicamente, inclusive por portaria do Ministério da Saúde, e será contemplada pela UFSJ.

Conselheiros também levantaram questões diretamente ligadas à volta às aulas presenciais. Uma delas, a ocupação das salas de aula. Sobre esse tema, Tibaji explica que o plano Minas Consciente aboliu a exigência do distanciamento. A situação dos professores protegidos pela IN 90 também gerou dúvidas, uma vez que têm direito a não voltar ao trabalho presencial. Esses docentes, o plano confirma, podem oferecer disciplinas remotamente.

O reitor Marcelo Andrade ressaltou que, para além do plano de retorno, aprendemos muita coisa durante a pandemia, como, por exemplo, a forma de organizar reuniões e evitar aglomerações.

No início do mês, o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFSJ (Conep) já havia aprovado o calendário acadêmico. O semestre letivo começa em 7 de março e prossegue até 9 de julho.

O protocolo de biossegurança da UFSJ também foi atualizado este mês. Acesse https://ufsj.edu.br/covid19 e consulte.

Acompanhe o site de notícias, o Instagram, o Facebook e o Twitter da UFSJ. Nas próximas semanas, publicaremos mais informações sobre o documento aprovado e os procedimentos para o retorno presencial.


Publicada em 23/11/2021
Fonte: ASCOM

 Voltar