Dpsic reúne especialistas da USP em evento sobre Psicologia Escolar

O evento Avanços e possibilidades no saber-fazer da Psicologia Escolar oferece ao público dois encontros com as psicólogas Adriana Marcondes Machado e Beatriz de Paula Souza, do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (IP-USP). As conversas serão mediadas pela professora do Departamento de Psicologia da UFSJ (Dpsic), Alessandra Pimentel, e estão marcadas para os dias 27 de abril e 3 de maio, com transmissão pelo canal da TV UFSJ no YouTube. As inscrições podem ser feitas neste link.

As convidadas vão tratar de questões sobre as relações da Psicologia com a Educação, implicando temas como metodologias de trabalho e o confinamento da infância. A temática tem como objetivo discutir alternativas exitosas no campo da Psicologia Escolar e Educacional, assumindo como fundamento de seu papel a efetiva contribuição para ações positivas dirigidas ao processo de escolarização e à formação na área. O evento é destinado, principalmente, aos pós-graduandos e graduandos de Psicologia e de Pedagogia, e interessados nas interfaces da ciência psicológica com a Educação. Certificados serão emitidos pelo Centro Acadêmico de Psicologia da UFSJ, mediante a participação, e enviados por e-mail após o término do evento.

Alessandra conta que o evento surgiu da demanda dos alunos do curso de Psicologia e da importância de trazer aos futuros psicólogos discussões sobre “o que fazer da Psicologia”, particularmente na área da Psicologia Escolar. “Questões como: o que é possível fazermos nas condições atuais? De que modo isto interfere diretamente na formação do profissional psi? Quais práticas viáveis? Quais são as demandas e como atendê-las?”, explica a professora.

Interfaces em pandemia
Nesta terça, 27, às 16h, Trabalhos na interface entre psicologia e educação: exercícios de escrita é o tema que vai nortear o debate com a professora Adriana Marcondes Machado, psicóloga com mestrado e doutorado em Psicologia Social pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (IP-USP), onde leciona atualmente, na graduação e na pós. Coordenadora do Serviço de Psicologia Escolar, faz parte do grupo de trabalho Subjetividade Contemporânea, da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Psicologia (Anpepp). No CNPq, é pesquisadora do Diretório Análise Institucional e Saúde Pública.

Uma semana depois, na segunda, 3 de maio, às 19h30, Beatriz de Paula Souza discute uma pauta do momento: Confinamento da infância antes e durante a pandemia: que Educação e vida infantil queremos? Psicóloga, mestre em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano pelo (IP-USP), onde coordena o Serviço de Orientação à Queixa Escolar, do Laboratório Interinstitucional de Estudos e Pesquisas em Psicologia Escolar, Beatriz é uma das fundadoras do Grupo Interinstitucional Queixa Escolar e do Fórum sobre Medicalização da Educação e da Sociedade, associada à Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (Abrapee).

Mediação
A professora Alessandra Pimentel é a mais jovem docente do Departamento de Psicologia da UFSJ. Avanços e possibilidades é seu primeiro evento na instituição, realizado com o apoio do Centro Acadêmico. Doutora em Educação pela USP, Alessandra participa do programa que dá sustentação à Brinquedoteca UFSJ. É membro do CRIA, o Centro de Respeito às Infâncias e suas Aprendizagens, do Departamento de Ciências da Educação da UFSJ.

Informações específicas sobre o evento disponíveis por e-mail: livepsicologiaescolar@gmail.com e ana.gabriela.pereira.elias@gmail.com.


Publicada em 22/04/2021
Fonte: ASCOM

 Voltar