Atenção para fake news que utilizam o nome da UFSJ

A comunidade universitária deve estar atenta à circulação de mensagem falsa, supostamente enviada a partir de e-mails do corpo docente da UFSJ, intitulada “Prestação de serviços temporários sem vínculo empregatício conforme normas da OMS”. O golpe já chegou ao Campus Centro-Oeste Dona Lindu, que oferece quatro graduações na área da Saúde, terreno fértil para a propagação de fake news com o referido teor.

A informação ilegítima garante contratação automática “para coordenadores e auxiliares na prestação de serviços temporários em processos seletivos”, desde que o candidato pague taxa de inscrição no valor de R$ 200,00. O texto é confuso, e elenca dados desconexos, dos quais se depreende que a relação com a OMS é apenas quanto a um suposto critério de segurança para tudo que falsamente se promete na oferta da contratação temporária.

Seguindo o roteiro clássico das fake news, a mensagem aparece assinada pelo professor André de Oliveira Baldoni, pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da UFSJ, partindo de um e-mail fictício (andrebaldoni1@gmail.com), antecedido por outras assinaturas, igualmente enganosas. Golpe semelhante vem sendo aplicado em outras universidades brasileiras, como a Federal de Santa Catarina e a do Rio Grande do Sul.


Publicada em 11/02/2021
Fonte: ASCOM

 Voltar