Revista Visualidades traz ensaio de professor da UFSJ

Publicada em 02/05/2023 - Fonte: ASCOM

“O que é ou o que pode ser o corpo, esse frágil e opaco invólucro que encerra o sujeito, princípio e fim da própria humanidade?” Essa é a reflexão proposta pelo professor do Departamento de Arquitetura, Urbanismo e Artes Aplicadas da UFSJ (DAUAP), Ricardo Coelho, que acaba de publicar seu ensaio fotográfico Estrangeiros na Revista Visualidades, conceito Qualis Capes A1.

Movido por uma experiência pessoal vivida com sua família, o ensaio busca “traduzir a fragilidade e a estupidez humanas” a partir de fotografias, tiradas em 2016, quando o professor se mudou para Barcelona e pode vivenciar o que era ser um estrangeiro – daí o título do ensaio.

“Pela primeira vez na vida senti na própria pele o que era o racismo, pelo simples fato de não dominar o idioma local, adotado como signo identitário. Pude entender o que era ser um estrangeiro, tentando me imaginar na condição dos milhares de refugiados em todo o mundo, das milhares de pessoas cuja fragilidade de seus próprios corpos era sua única e última morada”, relata.

“Dessa péssima experiência” surgiram o ensaio teórico Corpo, Cor e Alteridade, publicado pelo Instituto Geledés, em 2016, e o ensaio fotográfico Estrangeiros, protagonizado pelo professor e sua família, na tentativa tentamos mostrar os “limites ilusórios que síginos de proteção como a “CASA” e as “ROUPAS” representam.”

Estrangeiros, então, é uma obra que exprime os desafios de quem se desloca, forçosamente, pela manutenção de sua própria vida, num lugar onde é negada a liberdade e a autonomia, restando apenas a fragilidade do próprio corpo como morada.

Na avaliação do artista, o que vale – para além da publicação em um periódico bem conceituado pela Capes –, é o reconhecimento do trabalho artístico e de expressão corporal. “Reconhecer como produção de conhecimento as pesquisas e reflexões plásticas me parece uma grande conquista para as áreas de Artes no âmbito das publicações acadêmicas”, destaca.

A íntegra do artigo pode ser conferida neste link.

Texto: Gabriella Canuto (Estagiária ASREC)

Edição: Cibele de Moraes (ASCOM) Orientação: Luciene Tófoli (ASREC)