Brasil – Governo Federal – Ministério da Educação

Processo Seletivo 2009


 
 
 
BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO
 
 
 
 
_________________________   OBJETIVOS DO CURSO
 
 
 
O curso de Ciência da Computação tem por objetivo formar profissionais com fundamentação científica, técnica, ética e humanista, condizente com a especificidade da área de Ciência da Computação. Os profissionais formados pelo curso suprirão as crescentes necessidades do mercado nacional de informática e ciência da computação. O curso busca também formar profissionais com espírito empreendedor e crítico, para não só trabalhar no mercado de informática como também, para ajudar em seu crescimento através da criação de novas empresas, tecnologias e oportunidades de negócios em computação.
 
 
 
_______   ____________   PERFIL DO VESTIBULANDO
 
 
 
Para ingressar na carreira da Ciência da Computação, é desejável que o vestibulando tenha algumas características bem fáceis de identificar. Por exemplo, curiosidade, persistência e uma constante relação com novas tecnologias. Além disso, espera-se que o candidato tenha aptidão para a área de Ciências Exatas, como por exemplo, candidatos que gostem de desafios matemáticos, quebra-cabeças, charadas e jogos de lógica. Como em todos os cursos superiores, espera-se que o vestibulando tenha uma constante vontade de aprender!
 
 
 
____________________   O QUE FAZ O PROFISSIONAL
 
 
 O bacharel em Ciência da Computação está apto a resolver diversos tipos de problemas da vida real. Hoje em dia, qualquer área de conhecimento humano depende largamente da informatização e assim, os profissionais formados pelo curso de bacharel em Ciência da Computação poderão construir sistemas para apoiar a biologia, medicina, as engenharias, áreas humanísticas, artes, etc. Os profissionais poderão desenvolver novas tecnologias inclusive para a própria área de computação.
Tendo em vista a diversidade das atividades do profissional da área de Computação, o curso orienta o aluno em 3 grandes áreas: sistemas de computação e redes, bioinformática e artes digitais em computação.
Assim, em qualquer uma das 3 grandes áreas do curso, o perfil do profissional formado capacita-o a desenvolver as seguintes funções no mercado de trabalho:
  • Empreendedor --- descobrimento e empreendimento de novas oportunidades para aplicações usando sistemas computacionais e avaliando a conveniência de se investir no desenvolvimento da aplicação; 
  • Consultor --- consultoria e assessoria a empresas de diversas áreas no que tange ao uso adequado de sistemas computacionais;
  • Coordenador de Equipe --- coordenação de equipes envolvidas em projetos na área de computação e informática;
  • Membro de Equipe  --- participação de equipes que desenvolvem projetos na área de informática, de forma colaborativa e integrada ;
  • Pesquisador --- participação em projetos de pesquisa científica e tecnológica.

Ao fim do curso, o aluno formando terá uma série de características que o tornarão um profissional de destaque. Entre estas características podemos destacar:

  • Saber liderar e ser liderado, saber trabalhar em equipe.
  • Saber se comunicar bem de forma oral e escrita, com uso correto da língua portuguesa e para um certo grau de fluência na língua inglesa.
  • Ser capaz de desenvolver soluções criativas e inovadoras.
  • Ser capaz de se adaptar constantemente à rápida evolução da área.
  • Ter profundo conhecimento dos aspectos teóricos, científicos e tecnológicos relacionados à área de computação;
  • Ter competência e eficiência na operação de equipamentos computacionais e sistemas de software;
  • Ter capacidade de iniciar, projetar, desenvolver, implementar, validar e gerenciar qualquer projeto de software.
  • Ter competência para identificar, analisar e propor soluções para problemas e necessidades passíveis de solução via computação.
  • Ter capacidade para criar soluções computacionais para várias áreas de conhecimento  
 
_________________    TEMPO DE INTEGRALIZAÇÃO
 
 
- Tempo esperado de 8 semestres
- Máximo em 14 semestres