Perfil institucional de discentes


O Fórum Nacional de Pró-reitores de Assistência Comunitária e Estudantis (Fonaprace) realizou quatro pesquisas do Perfil Socioeconômico dos Estudantes das Universidades Federais entre 1996 e 2015. Os dados foram coletados visando diagnosticar como está constituído o corpo discente das universidades, e essas informações poderão subsidiar a criação e implantação de políticas públicas para a área estudantil.

A pesquisa tem como objetivos ampliar a compreensão da origem do aluno quanto à cidade de nascimento, cidade de residência dos pais, cidade de residência do aluno (trajetória de migração); situação do entorno de origem (rural, urbano/periferia) e escolaridade e profissão dos pais. Além disso, o estudo ampliar compreensão e detecção da vulnerabilidade do discente conforme os critérios de:

origem social;

renda (individual – trabalho/individual – bolsas e proteção púbica; familiar; estratificação social (critério Brasil);

deficiência e dependências (drogas, álcool, fumo, remédios);

gênero; 

déficits de capitais estratégicos no mundo acadêmico (domínio língua estrangeira, domínio TICs e propriedade pessoal de computação).

Seguem os resultados das pesquisas:

 1996

 2003

 2010

 2015