Autoavaliação institucional: participar é o canal

Professores, técnicos-administrativos, gestores, alunos e egressos da UFSJ e representantes da sociedade civil organizada já podem participar da pesquisa de autoavaliação institucional da Universidade Federal de São João del-Rei de 2014. A pesquisa está disponível para resposta no link www.campusvirtual.ufsj.edu.br/ufsj

A ferramenta, desenvolvida pela Comissão Própria de Avaliação da UFSJ (CPA), tem como objetivo desenvolver uma análise global e integrada das políticas de ensino, pesquisa e extensão, das políticas de gestão de pessoas, de atendimento aos discentes, os processos de comunicação interna e externa, a inserção regional, nacional e internacional, bem como a infraestrutura física e a sustentabilidade financeira de suas ações.

A CPA levou em conta dois segmentos para a avaliação: a comunidade interna e a externa. São questionários diferentes para cada comunidade. As questões foram elaboradas considerando as experiências de processos avaliativos anteriores e a nova realidade da instituição, maior e mais complexa após os programas de expansão do Governo Federal (Expandir e Reuni).

Criada em 2004, a Comissão Própria de Avaliação da UFSJ (CPA) nasce como resposta à necessidade de implementar um processo contínuo de autoavaliação, com o objetivo de alcançar patamares cada vez maiores de qualidade das suas atividades de ensino, pesquisa e extensão e de suas políticas de gestão acadêmicas. A criação da CPA responde também às exigências das políticas de avaliação do ensino superior definidas pelo MEC e implementadas pelo INEP, que a consideram um dos principais instrumentos de gestão acadêmica e administrativa, de forma democrática, envolvendo a comunidade em um processo de construção contínua e permanente da qualidade institucional.

A Comissão ressalta a importância de que toda a comunidade participe. A participação é fundamental para que os responsáveis tenham pleno conhecimento dos pontos que demandam novas e mais eficazes ações.


Publicada em 18/11/2014
Fonte: ASCOM

 Voltar