Segurança


O Serviço de Vigilância Desarmada e Segurança Patrimonial da UFSJ é composto por funcionários terceirizados, via contratos firmados com as empresas Concreta Serviços de Vigilância Ltda. e Minas Serviços Gerais Ltda., e do quadro permanente, tendo como finalidade vigiar, proteger e guardar os bens móveis e imóveis da União, impedindo roubos e depredações, assim como garantir segurança para docentes, técnico-administrativos e alunos para desenvolvimento das atividades fins propostas pela instituição.

É executado conforme carga horária e escala de trabalho definidas pela Divisão de Prefeitura de Campus, combinando o emprego de vigias lotados nas portarias, em regime de 44 horas semanais;  vigilantes diurnos percorrendo toda a área dos campi,  também em regime de 44 horas semanais, de domingo a sábado, ininterruptamente, e vigilantes noturnos lotados em postos fixos e móveis,  cobrindo 24 horas diárias em turnos diurnos e noturnos, com escala de 12x36 horas.

Nos campi são mantidos livros para registro das atividades diárias, subdivididas por turno, e para anotações de ocorrências ou anormalidades verificadas pelos próprios vigilantes ou a pedido dos usuários, que dispõem desse canal para registrar ocorrências diversas como perda de objetos, uso indevido de instalações e demais situações que julguem conveniente informar à Administração, ou ainda para apresentarem sugestões que visem a melhoria do sistema de segurança.

Para atividades esporádicas, com grande afluência de público, recomenda-se aos organizadores a contratação de segurança específica para o evento.

 

Descrição das atribuições do Serviço de Vigilância:

 
  • Repassar para os vigilantes ou vigias que estão assumindo o Posto, quando da rendição, todas as orientações recebidas e em vigor, bem como eventual anomalia observada nas instalações e suas imediações;Comunicar à área de segurança da Administração, todo acontecimento entendido como irregular e que possa vir a representar risco para o patrimônio da Administração;
  • Colaborar com as Polícias Civil e Militar nas ocorrências de ordem policial dentro das instalações da Administração, facilitando, o melhor possível, a atuação daquelas, inclusive na indicação de testemunhas presenciais de eventual acontecimento
  • Comunicar imediatamente à Administração, bem como ao responsável pelo Posto, qualquer anormalidade verificada, inclusive de ordem funcional, para que sejam adotadas as providências de regularização necessárias;
  • Manter afixado no Posto, em local visível, o número do telefone da Delegacia de Polícia da Região, do Corpo de Bombeiros, dos responsáveis pela administração da instalação e outros de interesse, indicados para o melhor desempenho das atividades;
  • Observar a movimentação de indivíduos suspeitos nas imediações do Posto, adotando as medidas de segurança conforme orientação recebida da Administração, bem como as que entender oportunas;
  • Permitir o ingresso nas instalações somente de pessoas previamente autorizadas e identificadas;
  • Fiscalizar a entrada e saída de veículos nas instalações;
  • Coibir o ingresso de vendedores, ambulantes e assemelhados às instalações, sem que estes estejam devida e previamente autorizados pela Administração ou responsável pela instalação;
  • Coibir a aglomeração de pessoas junto ao Posto, comunicando o fato ao responsável pela instalação e à segurança da Administração, no caso de desobediência;
  • Coibir todo e qualquer tipo de atividade comercial junto ao Posto e imediações, que implique ou ofereça risco à segurança dos serviços e das instalações;
  • Coibir a utilização do Posto para guarda de objetos estranhos ao local, de bens de servidores, de empregados ou de terceiros;
  • Executar rondas periódicas,  conforme a orientação recebida da Administração,  verificando as dependências das instalações, adotando os cuidados e providências necessários para o perfeito desempenho das funções e manutenção da tranqüilidade;
  • Cumprir rigorosamente a programação dos serviços determinada  pela Administração,  com atendimento sempre cortês e de forma a garantir as condições de segurança das instalações, dos servidores e das pessoas em geral.
 

Distribuição do efetivo de segurança por campus

::  Campus Santo Antônio - CSA

Terceirização:

Nº de vigias: 02, em turno de 12h x 36h, atuantes na portaria no horário de 06h às 18h.  

Nº vigilantes diurnos: 03, com carga horária de 44 h semanais, de 2ª feira a domingo, no horário de 07h às 19h, percorrendo toda a área do campus. 

Nº Vigilantes noturnos: 06, em turnos de 12h x 36h, no horário de  19h às 07h, ocupando os seguintes postos fixos:

- Portaria Principal do campus (02 vigilantes)

- Portaria do Subsolo/praça da Biblioteca (02 vigilantes)

- Garagem/Ginásio/Portaria Frei Estevão (02 vigilantes)

     Nº vigilantes do quadro permanente da UFSJ:   03, atuantes na portaria da rua Frei Estevão, em horários fixos de 06 horas (cobrindo o período de 06h às 24h), de 2ª a 6ª feira.

 

::  Campus Dom Bosco - CDB

Terceirização:

Nº Vigias: 02, em turno de 12h x 36h, atuantes na portaria no horário de 06h às 18h.  

Nº Vigilantes diurnos: 03, com carga horária de 44 h semanais, de 2ª feira a domingo, no horário de 07h às 19h, percorrendo toda a área do campus. 

Nº Vigilantes noturnos: 08, em turnos de 12h x 36h, no horário de  19h às 07h, ocupando 04 postos fixos:

- Portaria Principal do campus (02 vigilantes)

- Pátio interno/estacionamento (02 vigilantes)

- Estacionamento próximo ao prédio DCNAT (02 vigilantes)

- Divisa com o bairro São Dimas (02 vigilantes)

 

Nº vigilantes do quadro permanente: 04, sendo 03 em horários fixos de 06 horas (cobrindo o período de 06h às 24h), de 2ª a 6ª feira, atuantes no prédio do DCNAT e 01 na portaria principal do campus (de 06h às 12h).

 

::  Campus Tancredo de Almeida Neves - CTAN

Terceirização:

Nº Vigias: 01, em horário fixo de 07h às 12h e 13h às 17h, de 2ª a 5ª feira, de 07h às 12h e 13h às 16h, na 6ª feira.

Nº Vigilantes diurnos: 04, com carga horária de 44 h semanais, de 2ª feira a domingo, no horário de 07h às 19h, percorrendo toda a área do campus. 

Nº Vigilantes noturnos: 08, em turnos de 12h x 36h, no horário de  19h às 07h, ocupando 03 postos fixos:

- Portaria Principal do campus (02 vigilantes)

- Prédio principal (02 vigilantes)

- 02 postos percorrendo as divisas do campus (04 vigilantes)

 

Nº vigilantes do quadro permanente: 03, em horários fixos de 06 horas diárias (cobrindo o período de 06h às 24h), de 2ª a 6ª feira, atuantes na portaria principal.

 
 
 

::  Centro Cultural Risoleta Neves

Terceirização

Nº Vigias: 02, em turno de 12h x 36h, atuantes na portaria no horário de 06h às 18h.  

Nº Vigilantes noturnos: 02, em turnos de 12h x 36h, no horário de 19h às 07h, percorrendo todo o prédio, de 2ª feira a domingo.

 

Nº vigilantes do quadro permanente da UFSJ: 03, em horários fixos de 06 horas diárias (cobrindo o período de 06h às 18h), de 2ª a 6ª feira.

 
 
 

Responsáveis pela gestão do serviço de segurança

 
Fábio Chaves – Prefeito de Campus
3379 2312
 

Maria Elizabeth d’Angelo Reis – Chefe do Setor de Serviços Gerais
3379 2301
bethreis@ufsj.edu.br